Espumas de Poliuretano

Material bicomponente de base mineral ou vegetal, de reação química espontânea. Quando misturado componente A (poliol) com o componente B (isocianato), ocorre uma rápida expansão, aumentando seu volume em até 30 vezes. Devido sua característica de baixa condutibilidade térmica e ótima estabilidade dimensional às variações de temperatura e umidade, a espuma de poliuretano é utilizada em vários segmentos industriais como: câmeras frigorificas, flutuadores
(piers), cavernas para barcos, etc.